Garanta sua vaga como jovem aprendiz com a ajuda dessas dicas – Jovem Aprendiz Cadastro
Pular para o conteúdo

Garanta sua vaga como jovem aprendiz com a ajuda dessas dicas

    Através do jovem aprendiz, muitos jovens de 14 a 24 anos têm a oportunidade de ingressar no mercado de trabalho. O programa ajuda não somente a facilitar a conquista do primeiro emprego, mas é também uma forma de se qualificar para o trabalho.

    Anúncios

    Mas esse processo acontece sob as diretrizes discriminadas pela Lei Federal 10.097/00 (a Lei da Aprendizagem). Com isso, jovens que ainda estão no ensino médio podem desenvolver as habilidades necessárias para atuar no mercado de trabalho, podendo começar uma carreira.

    Ainda assim, muitos jovens aprendizes podem ficar desorientados na hora de montarem um currículo para conseguirem uma vaga.

    Anúncios

    Não tenha dúvidas ou fique apreensivo nesse momento, é provável que você já tenha se envolvido em algum tipo de atividade que serviu para enriquecer suas habilidades e conhecimento. E nas próximas linhas temos dicas de grande utilidade para elaborar um currículo que ajudará na contratação.

    O que é o programa jovem aprendiz?

    Esse é um programa do Governo Federal criado para ajudar jovens a conquistarem o primeiro emprego.

    Tal programa determina que empresas de médio e grande porte tenham que destinar uma porcentagem de suas vagas de emprego para jovens de 14 a 24 anos. E esses são os jovens aprendizes.

    Um jovem aprendiz pode ter um contrato de trabalho que dure até dois anos. Mas além da oportunidade de atuar numa empresa, esse jovem ainda recebe treinamento teórico (em sala de aula) e treinamento prático na empresa.

    Existem vagas que oferecem muitos benefícios para o participante, tais como plano de saúde, seguro, plano odontológico, participação nos lucros, etc.

    Veja também:  Jovem Aprendiz Grupo Petrópolis – Inscrições e Vagas

    Dentre os requisitos para participar do programa está a idade, já citada, mas também estar cursando ou ter concluído o ensino médio. Há vagas que permitem inscrições de quem está concluindo o ensino fundamental também.

    Outro requisitos diz respeito a frequência escolar que não deve ser baixa se o jovem quiser não apenas garantir, mas também manter sua vaga.

    E para conseguir uma vaga dessas numa empresa que participa do programa é necessário o envio do currículo. Afinal de contas, no que diz respeito ao programa destinado a jovens brasileiros, esse documento é o primeiro contato que os você e recrutadores terão.

    Como fazer um bom currículo de jovem aprendiz para conseguir uma vaga?

    “Mas como eu posso criar meu currículo de jovem aprendiz se não tenho experiência?”.

    Ao contrário do que muitos acreditam, é possível sim elaborar um bom currículo sendo jovem aprendiz. Há como inserir ali cursos e outros treinamentos, habilidades, etc. que você possua. E isso te ajuda a tornar-se melhor visto para uma determinada vaga.

    Separamos dicas para que você saiba como preparar o seu currículo para conseguir uma vaga como aprendiz.

    Quais são seus objetivos?

    No campo de objetivo, descreva que o seu objetivo é tornar-se jovem aprendiz. Mas não apenas isso, seja mais específico e informe em que área tem o objetivo de trabalhar: é com marketing? Com vendas?

    Isso é importante para que os empregadores consigam encontrar o seu currículo de maneira mais fácil, uma vez que o seu cadastro fica salvo no banco de dados da empresa para esse tipo de vaga.

    Veja também:  Jovem Aprendiz Azul – Inscrições e Vagas

    Informe os cursos que fez

    Você fez algum tipo de curso? Se isso for relevante para o trabalho, então pode informar sobre esse curso. Por exemplo: curso de inglês, curso da ferramenta “X” ou “Y”.

    Mas informe também onde foi feito esse curso, por quanto tempo e apresente um pequeno resumo sobre o mesmo. Isso tornará o seu currículo ainda mais atrativo.

    E não importa se é um curso de extensão, curso profissionalizante, curso livre ou mesmo um curso que tenha feito online. Isso será um diferencial no seu currículo de jovem aprendiz.

    Inclusive, há muitos cursos online de temas específicos que podem agregar no seu currículo para uma determinada vaga, tais como curso de marketing, gestão de tempo, administração, planilhas, etc.

    Também, se houve algum tipo de palestra ou treinamento na escola e você participou, inclua. Isso mostra que você possui interesse em obter conhecimento e estar se aprimorando cada vez mais. Os empregadores buscam candidatos focados e dispostos assim.

    Grau de escolaridade

    Na hora de especificar a sua escolaridade, é necessário informar onde estuda, o curso que faz, qual semestre estuda, além de informar também a quantidade de semestres ou de anos que o curso possui. É importante que essa informação esteja atualizada.

    Essa é também uma informação imprescindível para que o empregador se certifique de que você está de acordo com os requisitos do programa jovem aprendiz no que diz respeito a sua escolaridade.

    Atividades complementares

    Outra informação muito importante, e que pode proporcionar um diferencial no seu currículo, são atividades complementares.

    Veja também:  Secretaria da Educação oferta 10 mil vagas para curso de formação sobre ensino híbrido

    Aqui qualquer atividade complementar pode ser incluída, tais como: algum projeto social, participação em alguma ONG, trabalhos voluntários, entre outros. Isso é bem visto pela empresa. Descreva sobre a atividade e qual foi a sua colaboração nela.

    Inclusive, se você participou de algum projeto na escola que envolva ações em prol da sociedade, isso pode ser incluído. Se você ainda não se envolveu em nenhuma atividade assim, então é hora de começar, pois tudo isso contará no seu currículo.

    Atenção para a ortografia

    Erros de português podem te fazer perder uma boa oportunidade. Muitas empresas deixam de prosseguir com a avaliação de um currículo quando se deparam com os gritantes erros de ortografia. É por isso que na hora de preencher o seu currículo de jovem aprendiz tome bastante cuidado.

    Revise tudo antes de enviar o seu currículo.

    Mas não é apenas isso, as empresas prezam por candidatos que saibam ao menos o básico da língua portuguesa e de matemática também.

    Outras coisas importantes

    O seu currículo precisa também estar com as informações bem distribuídas, passando uma boa apresentação. Nisso, escolha um bom layout, cores, cuide dos espaçamentos e outras coisas do tipo.

    Por fim, não se esqueça de preencher corretamente o campo com suas informações pessoais. Nisso, e-mail, telefone, endereço, entre outras informações devem constar ali.

    Um bom currículo te ajudará a despertar o interesse nos recrutadores e manter os olhos deles fixos no documento. Suas chances de ser escolhido para a vaga serão muito maiores assim.

    Autor